Destaque Política
Publicado em 30/09/2016 às 19:13 - Autor:

158 candidatos em busca de uma cadeira na Câmara

camara

Uma discussão frequente em nossa redação é de quais vereadores estarão eleitos e vão assumir uma cadeira na Câmara Municipal de Presidente Venceslau em janeiro de 2017. Fizemos várias projeções e analisamos as forças de cada coligação. E quais são as possibilidades dos candidatos diante do quociente eleitoral.

A eleição para vereador está dividida em oito coligações. Cada uma vai precisa de no mínimo 1.500 votos para eleger o candidato mais votado da mesma. Diante de conversas de candidatos que saíram as ruas trabalhando e se baseando também nas votações anteriores vamos passar aos nossos leitores os favoritos de cada coligação ao pleito.

Na coligação PDT/PR/SD a briga está entre Carla Zíper, Wilson Hirakawa e Tenente Dourado por uma vaga.

No PT/PC do B aparecem Adelino Cabeleiro, Zé Carlão e Chiquinho Pneus também disputando uma cadeira. Por conta do voto de legenda, pode pintar dois candidatos dessa coligação.

Na coligação PP/PTB/PPS/PSDC/PRP/DEM aparece o vereador Raphael do Fórum como favorito. Gil da Ótica e Percy podem ser surpresas para uma vaga.

No PTN/PSB/PV a disputa é forte entre Gustavo Freire, Lucimara Dias, Sub-Tenente Jock e Vandeir de Novaes. Muito provavelmente essa coligação fará dois candidatos.

No PSC/PSD João Paulo e Lê Pregão aparecem como favoritos em duas vagas. Serafim Gomes Ferreira e Luciano Ramos correm por fora.

No PHS/PMB o vereador Mestre Tota é o nome mais forte. Seguido por Ezequias Dassie, Beto Coelho e Geminho do Salgado. Essa coligação deve eleger dois vereadores.

No PMDB uma cadeira está sendo disputada por Cola Colinha, Viviane Enfermeira e Serginho Bombeiro. Na nossa análise essa coligação deve fazer apenas um vereador.

No PSDB a briga é de cachorro grande. Tufy Jr., João Monteiro, Eliseu Bayer e João Dassie disputam duas cadeiras. Edinaldo Elesbão corre por fora.

Na nossa análise, cada coligação deve conseguir o quociente e eleger um candidato. Quatro dessas coligações provavelmente vão fazer duas cadeiras. A 13ª cadeira deve sair de uma sobra de votos ou voto de legenda.

Nota da Redação:
Não queremos desprestigiar nenhum dos candidatos que estão enfrentando essa verdadeira batalha frente as urnas. Cada um tem seu valor, e muito mais que isso, coragem para enfrentar um pleito. Sabemos também que em eleições temos surpresas e outros nomes podem surgir e assumir uma cadeira na Câmara Municipal em 2017, tornando-se político de destaque em nossa cidade.

SUGESTÃO AOS LEITORES:
Faça uma lista dos 13 nomes que você acha que irão compor a nova Câmara Municipal. Vamos publicar nos comentários dessa matéria.

Matéria: Gustavo Moré e Toninho Moré
Foto: Tons e Afins

Comentários