Cidades Destaque
Publicado em 05/10/2016 às 8:29 - Autor:

Após 4 semanas, greve paralisa 70 agências bancárias na região

KODAK Digital Still Camera

A greve dos bancários completou quatro semanas nesta terça-feira (4). Na região de Presidente Prudente, o sindicato da categoria informou que são cerca de 70 agências fechadas – inclusive Presidente Venceslau – e em torno de 1.000 funcionários que aderiram à paralisação.

O presidente do Sindicato dos Bancários de Presidente Prudente e Região, Edmilson Trevizan, afirmou ao G1 que a “greve continua forte” nas capitais e cidades do interior. Desde o início da paralisação, no dia 6 de setembro, a categoria reivindica um reajuste salarial maior do que o proposto pelos banqueiros. Enquanto o pedido foi de 14,78%, o oferecido foi de 6,5%, mais um abono de R$ 3 mil.

“A greve sempre foi necessária porque os banqueiros não respeitam os funcionários e a população. Ao nosso ver, a greve não seria necessária, se eles nos remunerassem como deveriam, porque o lucro é muito alto. A tarifa bancária só aumenta para a população também”, frisou Trevizan.

O presidente do sindicato enfatizou que as 70 agências fechadas estão divididas em Presidente Prudente e mais 18 cidades do Oeste Paulista e que os cerca de 1.000 funcionários que aderiram ao movimento fazem parte dos 1.200 bancários que atuam na região.

“Não temos previsão de quando a greve pode acabar porque os banqueiros ficaram de dar uma proposta, mas não colocaram nada na mesa até agora. Estamos esperando”, pontuou.

G1 Presidente Prudente

Comentários