Cidades Destaque Política Presidente Venceslau
Publicado em 05/03/2017 às 23:06 - Autor:

Munícipes criam grupo no Whats App para pressionar vereadores

Imagem extraída do Whas App

TEMPERATURA MÁXIMA

Câmara deverá votar criação da CEI do IPREVEN nesta segunda-feira

Segundo os organizadores do “Todos Por Venceslau”, a ideia é levar o maior número de pessoas para o plenário “Joaquim Gorgulho”, na Câmara Municipal, e pressionar a edilidade local para que o número de assinaturas seja alcançado e a CEI seja criada.

População de une e cria um grupo no aplicativo Whats App, como forma de pressionar a criação por parte dos vereadores, uma CEI (Comissão Especial de Investigação), sobre o IPREVEN (Instituto de Previdência Venceslauense), órgão arrecadador responsável por pagar os atuais e futuros aposentados da prefeitura do município de Presidente Venceslau, localizada na Costa Oeste do Estado de São Paulo, distante 620 quilômetros da capital paulista.

“TODOS POR VENCESLAU” – Esse é o nome dado pelos organizadores do grupo, que conta com funcionários da ativa, pensionistas e aposentados da municipalidade, na tentativa de cativar e buscar a adesão de pessoas antenadas e conectadas com a atualidade pela qual passa o município, com denúncia que, inclusive, já chegou ao MP (Ministério Público) e que o grupo deseja seja investigado pela Câmara Municipal.

O município conta com 13 vereadores e, para aprovar a CEI, será necessário que 5 destes edis, assinem para que a investigação seja levada adiante e que os esclarecimentos cheguem até a população. Até o momento, apenas três vereadores concordaram em assinar a criação da CEI. São eles: Roberley Cola, Tuffy Jr e Raphael Ballestero.

Segundo os organizadores do “Todos Por Venceslau”, a ideia é levar o maior número de pessoas para o plenário “Joaquim Gorgulho”, na Câmara Municipal, e pressionar a edilidade local para que o número de assinaturas seja alcançado e a CEI seja criada. “Somente a presença da população é que conseguiremos pressionar e fazer valer a pressão e o peso do voto popular”, disseram. “É um absurdo, uma câmara renovada, onde tanta gente depositou confiança e muita esperança na mudança, votar contra a vontade popular, onde permeia os interesses partidários”, destacam. “Conhecemos nossos direitos e estamos coesos nessa posição de pressionar nosso representantes eleitos no último pleito”, concluem.

O CASO – Na última sessão ocorrida na quarta-feira de cinzas, os vereadores resolveram criar uma Comissão Temporária Especial destinada a apreciação de questões referentes ao Regime Próprio de Previdência SocialIPREVEN. O objetivo, é fazer com que a própria câmara faça um tipo de auditoria nas contas do IPREVEN, com o que não concordam os três vereadores acima destacados.

Internautas abordaram o tema nas redes sociais e fizeram uma série de críticas sobre a criação da Comissão Temporária Especial e está levando a movimentação dos cidadãos para se organizar e comparecer em peso nesta segunda-feira na sessão plenária do legislativo municipal. Até mesmo uma enquete foi criada para pesquisa de opinião pública sobre o assunto em pauta, inclusive com a inserção de comentários. Confira no endereço abaixo:

Essa é uma enquete para saber quantos são favoráveis e quantos são contrários a abertura da CEI

http://www.ferendum.com/pt/PID61576PSD95774

Comentários