Destaque Esportes
Publicado em 04/06/2016 às 13:07 - Autor:

Corinthians enfrenta o Coritiba na noite desta sábado na Arena

corinthians-1-x-0-santos

Palmeiras, Atlético-MG, Fluminense e Botafogo. Antes de encarar quatro grandes clubes de forma consecutiva, o Corinthians tem um Coritiba em crise para tentar ratificar sua ascensão no Campeonato Brasileiro. A partida da noite deste sábado (20h30), em Itaquera, poderá ser a quarta vitória seguida para a equipe dirigida pelo treinador Tite, que vive um momento difícil do ponto de vista físico.

O quarto compromisso em 10 dias vai contra o princípio defendido por Tite, e recomendado pela Fifa, de que haja um intervalo de 72 horas entre as partidas.

Além de Vílson, que sequer estará no banco, a tendência é que três ou quatro jogadores sejam preservados, e os favoritos para jogar são Uendel, Bruno Henrique, Giovanni Augusto e Guilherme, os mais desgastados. Não há confirmações sobre o time que irá a campo, mas as preocupações em torno de entrosamento são pequenas.

Entre os métodos de trabalho da comissão técnica corintiana está o foco grande sobre jogadores reservas. Ao longo da temporada, inúmeros trabalhos do dia a dia são feitos com titulares e suplentes juntos. Eventualmente, Tite e seus auxiliares mesclam setores, com lado direito de um time com o lado esquerdo do outro. Essa tática incentiva a competição e o entrosamento entre os atletas.

Para evoluir dentro do Campeonato Brasileiro, ter mais de 11 jogadores em condições plenas de atuar é um dos pontos considerados importantes por Tite, bicampeão do torneio (2011 e 2015). Por isso, a caminho de enfrentar uma sequência de jogos duros contra quatro clubes grandes, a partida contra o Coritiba permite ao Corinthians se fortalecer. Será a estreia do zagueiro Pedro Henrique, 21 anos, entre os profissionais. Ele foi promovido por Mano Menezes em 2014 e defendeu o Bragantino no ano passado. (Uol Notícias)

Comentários