Destaque Política
Publicado em 15/09/2016 às 12:10 - Autor:

Juíza acolhe pedido de impugnação de candidatura de José Adivaldo em Piquerobi

jose-adivaldo

A juíza Viviane Cristina Parizotto Ferreira, da 117ª Zona Eleitoral de Santo Anastácio, impugnou o registro de candidatura de José Adivaldo Giacomelli (PSDB), que concorre nessas eleições a prefeito de Piquerobi. A decisão foi tomada após uma denúncia de que José Adivaldo é sócio proprietário de um posto de combustível que presta serviços para a prefeitura do município.

Segundo consta no processo, José Adivaldo, que já foi prefeito do município em três mandatos, foi impugnado após uma denúncia do Ministério Público de que ele é sócio proprietário do Auto Posto PHG Ltda. Por meio de licitação, o posto presta serviços a Prefeitura Municipal de Piquerobi com contrato vigente até setembro e que é inelegível o candidato que, dentro de seis meses anteriores ao pleito tenha exercido função de direção, administração ou representação em pessoa jurídica ou em empresa que mantenha contrato de fornecimento de bens com órgão de Poder Público.

José Adivaldo apresentou uma contestação de defesa e sustentou que é um dos sócios proprietários da empresa Auto Posto PHG Ltda, mas a função de administração cabe exclusivamente ao seu sócio Paulo Henrique Matheus Giacomelli. O ex-prefeito ainda disse em sua defesa que obteve uma procuração para participar da licitação em virtude da sua vasta experiência e que como ex-prefeito entende muito bem como é um processo de licitação.

No processo a juíza julgou procedente a impugnação ao registro de candidatura de José Adivaldo e indeferiu seu pedido após sua explicações de defesa. Com a decisão, a chapa foi impedida de disputar as eleições para concorrer a prefeito de Piquerobi.

A nossa redação entrou em contato com José Adivaldo que disse que seus advogados já entraram com recursos em segunda instância para garantir sua participação nas eleições de Piquerobi.

Comentários